Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
24 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57550 )
Cartas ( 21185)
Contos (12638)
Cordel (10186)
Crônicas (22292)
Discursos (3141)
Ensaios - (9093)
Erótico (13416)
Frases (44327)
Humor (18630)
Infantil (3915)
Infanto Juvenil (2862)
Letras de Música (5480)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138276)
Redação (2948)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4994)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->A canoa Manguaba Mãe -- 25/12/2019 - 10:05 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

A canoa Manguaba Mãe 
   
Travessias que nos fazem seguir
Vida pela frente...
Outrora na Alvoradinha,
Curuminha Jôvita
Olhos a brilhar 
E um sorriso 
A mapear a travessia
Pela canoa, as flores líquidas 
Jôvita e Josita  
Alegria intensa
Por esse poeta cigano apreciada 
Fitei o olhar da flor líquida 
E registrei momentos únicos....
Eternos
Na balanço da canoa
E na proa o poeta sorriu
Encantado, me encontrei.
Milton, o Nascimento, bem definiu:
“Vou seguindo pela vida...”
No paradoxo de nunca esquecer 
Os momentos em que
Desenhamos o amor
Sobre as águas cálidas 
Da Lagoa Manguaba Mãe 
Fitei sua felicidade 
Absorvi o ser filha
Entorpecido, fiquei
Ao perceber que a magia
Nunca termina 
Somos herdeiros desse amor
Mãe Manguaba 
No sorriso ser gente
Curuminha Jô Vita
Na vitalidade em viver
O amor eterno entre mãe Jôsita e filha Jovita.

Marcos Palmeira

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui