Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
85 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57496 )
Cartas ( 21184)
Contos (12605)
Cordel (10175)
Crônicas (22280)
Discursos (3141)
Ensaios - (9088)
Erótico (13415)
Frases (44272)
Humor (18616)
Infantil (3900)
Infanto Juvenil (2846)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138229)
Redação (2946)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2411)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4979)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->A COMPROVAÇÃO -- 18/12/2019 - 06:53 (PAULO FONTENELLE DE ARAUJO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

 

O amor entre homem e mulher

quando finalmente termina,

logo aceita à mágoa

A mágoa,

cruel, lenta e crescente.

Tão longe do ódio que descarrega,

tão longe da suprema ironia

que está a um passo do esquecimento

ou daquela pena esporádica

que fecha o ciclo.

 

Mas é a mágoa o ser imenso.

a  curvatura do planeta,

medonha,

sensação mais próxima

do centro do labirinto.

E o que fazer então

para chegar ao ódio

(Ódio em um registro

definindo tudo:

filhos em algum lugar,

vida que segue).

quando é a mágoa antes

que traz o desgosto

pelo tempo perdido;

acredita no riso movediço

de quem se ama

quando, na verdade, o outro

mexe-se no fundo

do seu rio caudaloso de desprezo.

Mágoa pelo ridículo,

de quase ter parido

outro ser medonho,

esperança

sem saber que o ódio que virá

será lindo e atuante,

ator em um palco onde flores abrasarão.

A mágoa tenta falar,

ela não sabe

porque sempre falava por dois,

nós, o casal:

não queremos, não compraremos,

nós temos, nós iremos.

Como mudar agora

depois da união

ou da cerimônia?

É melhor se calar,

com o tempo algo sempre acontece:

o disparo da audácia,

a percepção da ingratidão

até uma primeira frase redentora:

“Se eu pudesse, eu matava!”

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui