Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
44 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59135 )

Cartas ( 21236)

Contos (13102)

Cordel (10292)

Crônicas (22196)

Discursos (3164)

Ensaios - (9439)

Erótico (13481)

Frases (46519)

Humor (19281)

Infantil (4461)

Infanto Juvenil (3729)

Letras de Música (5479)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138234)

Redação (3054)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5525)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Discursos-->Falando de Mãe -- 28/04/2003 - 10:36 (Alan Carlos Dias) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
. Mãe é um nome tão doce e amável.
Criatura mais pura não poderia existir para usar este nome. Nome que emociona, no mais lindo soar de cantilenas doces.
Es tu mãe, que mesmo diante das maiores intempéries, defendes a prole tua, como loba, ainda que estes estejam errados ou não reconheçam a importância tua, tu sabes a missão que nosso amado Deus te colocou nos ombros.
Es tu, mãe, quem acorda com o canto do galo, ainda no crepúsculo, só para que o nosso dia tenha um colorido novo, e as dificuldades nos soprem em forma de brisa, a fim de não nos machucar tanto, embora, mãe, tu muitas vezes tenhas as mãos calejadas, não reclamas da vida, ao contrário, agradeces a Deus todo o bem e as desobediências a que és submetida, desejando – nos, paz, saúde e prosperidades.
Mãe, amor é um sentimento que conheces como nenhum outro. Quando adoeço, és tu, que atravessas o seio negro da noite para me proteger. E ainda que não consigas aliviar a minha dor, permaneces ao meu lado compartilhando o meu sofrer. Isso mãe, só você é capaz de fazer, por isso, fostes escolhidas para fazer a vontade do pai.
O que seria de um lar, onde faltasse a figura de uma mãe? Certamente perderia um pouco do brilho das auroras de todas as manhãs a que nos presenteia essa dádiva de Deus. Rainha de todas as flores, rosa dos jardins dos sonhos meus. E é por isso, que nós, filhos, filhas, esposos, amantes, devemos sempre construir, um altar para esta rainha, não para que sejas a rainha do lar. Mas, um cantinho em nossos corações que mesmo singelo, consiga perceber a importância que tu tens em nossas vidas.
Você que ainda tem a sua mãe, não espere tanto. Diga hoje mesmo o quanto você a ama. Pois, amanhã, poderá ser tarde demais.
Devemos nos arrepender das coisas belas que não foram ditas. Não dos carinhos que ela merece, e que às vezes negamos simplesmente por nosso orgulho sem sentido.
Será muito tristes, acordar um dia, e perceber que existe um vazio tão grande em sua vida, que nem mesmo riquezas, status, as maiores glórias são capazes de nos tornar completos novamente, porque ela, a sua mãe, a minha mãe, não se encontra mais conosco, e imagine, o quanto será difícil recordar tanto amor não correspondido. De certo, se houver sentimento em seu coração, haverá de deixar cair uma solitária lágrima de seu rosto repleto de saudade. Então, não espere perder para reconher o que é importante para todos nós. Não espere apenas chegar um dia no calendário para dizer a quem faz tudo para que nos sentamos bem, que sem ela, a vida carece de sentido!
Quem não possui mais a sua mãe, pode ao menos recordar as lembranças de um anjo que um dia existiu em sua vida e que te ensinou o sentido do amor. Quem ainda possui, não negue a ela a oportunidade de ser feliz esbanjando um sorriso, ao ouvir...
Mãe, eu te amo tanto!


Alcarias. 27/04/03
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui