Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
74 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57086 )
Cartas ( 21170)
Contos (12604)
Cordel (10090)
Crônicas (22208)
Discursos (3136)
Ensaios - (9013)
Erótico (13400)
Frases (43722)
Humor (18474)
Infantil (3784)
Infanto Juvenil (2709)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138292)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4882)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Minha Caloi, minha Monark -- 28/11/2019 - 23:28 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Minha Caloi, minha Monark 

Comecei criança 
Pedalando 
Tomei gosto
Senti liberdade no rosto
A brisa que tocava a pele
Era a liberdade 
Podia ser Caloi
Podia ser Monark
Mas liberdade....
Só na bike 
Ainda hoje, sinto a brisa da liberdade.
Que não me deixa mentir.
Fazer o bem a si mesmo,
É a melhor escolha.
Seja pra saúde, seja pra qualquer coisa.
Contando que nunca deixe a bicicleta parada.
Bike parada, não há liberdade de escolha.
Então, escolha fazer o bem à sua saúde.
Brisa de liberdade,
Não tem preço 

Marcos Palmeira

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui