Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
53 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59120 )

Cartas ( 21236)

Contos (13110)

Cordel (10292)

Crônicas (22195)

Discursos (3164)

Ensaios - (9437)

Erótico (13481)

Frases (46507)

Humor (19274)

Infantil (4457)

Infanto Juvenil (3722)

Letras de Música (5478)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138224)

Redação (3054)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5522)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->DAVI, O AMADO -- 01/11/2019 - 21:49 (benedito morais de carvalho(benê)) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.
Menino ungido por Deus,


teu nome traduz amor,


DAVI significa "o amado",


apenas 18 anos,


um aprendiz,


um menino.


abrindo as portas do amanhã.


Cabelos rebeldes, encaracolados,


dócil, amável, enamorado,


num domingo a tarde o encontrei


tocava um instrumento esquisito,


por ser leigo na música instrumental


me parecia ser um contrabaixo,


aos meus ouvidos, desafinados


foi a última imagem que guardei,


do menino menestrel apaixonado,


dedilhando a sua guitarra,


impressionando a amada ao lado.


Por que da ida tão prematura?


Dúvida?


Medo?


Frustração?


Ansiedade?


Depressão?


Saudade?


Foi embora sem despedidas,


nem a mana  Evinha você beijou,


não tive tempo de saber de você,


no meu egoismo não busquei saber


dos seus projetos para o futuro


é o bendito individualismo, meu menino,


cada um por si


e Deus por todos nós.


Não suportando mais a saudade,


não esperou a estação do tempo,


sem avisar pulou do trem da vida,


ansioso para brincar com o irmão,


Davi e Felipe se reencontrando,


pedacinhos amputados da Guta,


regozijados no abraço fraternal.


Inspirado no salmo 133 do rei Davi,


Davi foi conviver com o irmão.


"Oh, como é bom, como é agradável,


para irmãos unidos viverem juntos"...


 


Poema dedicado ao menino David Alencar


(*)  24.04.2001


(+) 28.06.2019

Comentários

Wilson Nunes de Almeida  - 20/11/2019

Excelente poema póstumo!!!!

Joana Darc Leite  - 19/11/2019

Magnifico poema. Parabéns!!!

Raimundo Nonato  - 03/11/2019

O trocadilho dos Davis incluindo o salmo 133 muito bom. Excelente poema.

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 49Exibido 122 vezesFale com o autor