Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
104 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57515 )
Cartas ( 21184)
Contos (12609)
Cordel (10179)
Crônicas (22288)
Discursos (3141)
Ensaios - (9089)
Erótico (13416)
Frases (44291)
Humor (18621)
Infantil (3907)
Infanto Juvenil (2852)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138244)
Redação (2947)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4986)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->O álibi do Senhor -- 29/06/2019 - 16:16 (Lorde Kalidus) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Como o leproso, o mais odiado

Toda culpa a me pertencer

Não haveria para onde correr

Ou onde não fosse renegado

 

Minha vontade seria só a destruição

Do que seria a imagem e semelhança

De quem é Pai de toda esperança

A mesma que alimenta a redenção

 

Entretanto, ao dobrarem seus joelhos

Para lembrar só do que lhes falta

É ocasião em que a alma mais exalta

O pecado que, supostamente, concebo

 

Mas não é satisfação alguma

A glória ou sofrimento de quem

Se ilude sobre recompensas além

Dos vermes que os possuirão na sepultura

Cumpro só o papel que é destinado

A todo aquele que é requisitado

Para fazer o que ordena o criador

 

Solicito, então, que mostre respeito

Pois é árdua tarefa viver nas sombras

Como o álibi do Senhor

 

Com Seu aval, dirijo-me aos Céus

Embora contrarie a versão oficial

De que tombei frente ao Pai Celestial

Condenado ao mais amargo fel

 

O mesmo que Jó teria provado

Ao conhecer o inferno por minhas mãos

Sofrimento que veio com a permissão

De quem acompanhava tudo ao meu lado

 

Braço direito, eu diria, é a melhor forma

De descrever a minha eterna relação

Com Aquele de quem me chamam opositor

 

Pois vem de sua boca todo aval

Para que a agonia se torne dilúvio

Sobre os que dizem conhecer Seu amor.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 28 vezesFale com o autor