Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
106 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57529 )
Cartas ( 21184)
Contos (12629)
Cordel (10184)
Crônicas (22291)
Discursos (3141)
Ensaios - (9091)
Erótico (13416)
Frases (44313)
Humor (18626)
Infantil (3911)
Infanto Juvenil (2857)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138254)
Redação (2948)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4989)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Objetivo final -- 13/06/2019 - 22:04 (Lorde Kalidus) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

 

Qual filho bastardo que sou

Da pátria que, supostamente, eu amaria

Sou submetido ao terror de sua ira

Que fortalece a mão de quem me roubou

 

O mais básico direito me é negado

Contra chacal algum terei defesa

Sendo servido sem pudor em suas mesas

E ter até o último osso devorado

 

Quer vistam fardas ou roupas de grife

Aniquilar até o último dos meus

Será sempre o objetivo final

 

A seu dispor estaria meu destino

E sua vontade seria perfeita e agradável

Bem como todo veredito, legal. 

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 31 vezesFale com o autor