Usina de Letras
Usina de Letras
63 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59266 )

Cartas ( 21241)

Contos (13145)

Cordel (10297)

Crônicas (22219)

Discursos (3164)

Ensaios - (9460)

Erótico (13486)

Frases (46705)

Humor (19310)

Infantil (4487)

Infanto Juvenil (3784)

Letras de Música (5484)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138412)

Redação (3058)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5562)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->ESPIGÃO URBANO -- 19/05/2019 - 14:36 (benedito morais de carvalho(benê)) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Agora está feito,


plantaram um edifício,


mais um espigão,


na minha rua,


vizinhos deslumbram


a planta morta,


na mesa torta,


do calculista arquiteto,


peões alicerçando...


sob as ordens do mestre de obra


comem ferro,


bebem argamassa,


cospem concreto,


abraçam tijolos,


vomitam colunas,


bate-estacas, andaimes,


no paraíso nascente,


rasgando a terra


encobrindo o céu,


fechando o eapaço


plantando muros,


escondendo horizontes,


realçando vidraças


mais um espigão erguido,


castelo dos sonhos,


TV a cabo, piscina, salão de festas


churrasqueira, lavanderia, playground,


com seus espelhados elevadores


descendo e subindo frenéticamente


conduzindo sonhos, tristezas, alegrias,


gente compactada,


amontoada,


realizada,


apartamentos compactos,


estúdios de 20,25,30 metros quadrados


almas espremidas, felizes, gratificadas,


na minha rua,


no meu bairro,


da minha cidade,


tresloucadamente,


verticalmente esticada.


 


 

Comentarios

nonato  - 20/05/2019

excelente poema

O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 49Exibido 95 vezesFale com o autor