Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
77 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57515 )
Cartas ( 21184)
Contos (12609)
Cordel (10179)
Crônicas (22288)
Discursos (3141)
Ensaios - (9089)
Erótico (13416)
Frases (44291)
Humor (18621)
Infantil (3907)
Infanto Juvenil (2852)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138244)
Redação (2947)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4986)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Marim Caeté -- 12/02/2019 - 23:46 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Marim Caeté



Nativo da dor gente

Sempre ausente

Pressente invasão

Nação indígena

Troca, sobras

Obra natural

Do ser gente

Que sente

Segue em frente

No cocar, defende

Sua identidade sucumbiu ao colono

Resiste por um fio

Fio, corre e vem ao mar!

Olha o que vem lá

Não é de cá



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui