Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
76 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57115 )
Cartas ( 21170)
Contos (12599)
Cordel (10093)
Crônicas (22213)
Discursos (3137)
Ensaios - (9018)
Erótico (13404)
Frases (43776)
Humor (18492)
Infantil (3793)
Infanto Juvenil (2720)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138324)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2402)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4894)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->Virgínia -- 14/12/2014 - 18:27 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Virgínia


Todos os dias Virginia descia uma enorme ladeira chamada de Inferno, o local ficava em um Lugar de dois nomes, mas não tinha os direitos sociais de uma vila.
Certa da insegurança que reinava por lá onde o tráfico de drogas perdurava e era acobertado por muita gente, o lugar tornava-se ainda mais perigoso.
Mas nossa amiga tinha que trabalhar para sustentar as suas filhas, como era mãe solteira não tinha ninguém para socorrê-la nas suas dificuldades.
Seu emprego era de domestica no centro da cidade de Salvador, por isso a necessidade de não se atrasar apesar do medo.
Certo dia, ela desceu a famigerada ladeira e ficou esperando a condução na parada do coletivo, onde só sentiu um metal gélido tocá-la...
Um homem negro e franzino a obrigou a subir a famigerada ladeira e adentrar um matagal, obrigando-a a levantar e entregar-se a lascívia do animal, que num coito anal o estupro se consumiu, ao final do ato o homem vasculhou o telefone-móvel da coitada, achando as fotos da família, onde ameaçou a todas caso a denúncia se concretizasse.
Num grito de pavor ela desfaleceu e o dia amanheceu, mas ninguém a socorreu e ela ficou ali até acordar do pesadelo...


Marcelo de Oliveira Souza

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui