Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
161 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58267 )
Cartas ( 21211)
Contos (12892)
Cordel (10242)
Crônicas (22111)
Discursos (3152)
Ensaios - (9257)
Erótico (13456)
Frases (45455)
Humor (18978)
Infantil (4207)
Infanto Juvenil (3294)
Letras de Música (5510)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138790)
Redação (3005)
Roteiro de Filme ou Novela (1059)
Teses / Monologos (2418)
Textos Jurídicos (1935)
Textos Religiosos/Sermões (5287)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->NUNCA DEVEMOS TEMER NOSSOS DIAS -- 24/07/2018 - 17:42 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Não devemos Temer os nossos Dias.

Pra viver é preciso quebrar Rocha.

Um dia é mais Barroso e sempre arrocha.

Não podemos perder nossa alegria.



A alegria talvez muito bem nos Faria.

Ainda que a Rosa nunca desabrocha

Lute! Pois sempre a vida nos acocha

E devamos ter sempre alforria



Ainda que não Enrique, brigue, lute...

Todo dia sempre é outra batalha

Pois a luta nos mostra o azimute,



E faz que muito mais a vida valha

Nessa luta injusta com mamute.

Não devemos jamais jogar a toalha.



HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO

FORTALEZA, JULHO/2018

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 25Exibido 106 vezesFale com o autor