Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
93 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57379 )
Cartas ( 21181)
Contos (12605)
Cordel (10139)
Crônicas (22258)
Discursos (3139)
Ensaios - (9064)
Erótico (13414)
Frases (44139)
Humor (18585)
Infantil (3847)
Infanto Juvenil (2802)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138546)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2408)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4944)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Sapo ET -- 26/01/2018 - 19:04 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


Sapo ET



Num imenso mundo

Fico a me perguntar

Como seria um outro lugar?

Um alienígena é de assustar?

Nesse momento na porta

Ouvi um coaxar

Coisa estranhamente verde

Estava a me olhar.





Bicho estranho é esse?

- É um sapo humanoide

Pernas tortas a me vigiar!

Não sei como,

Mas consegui me comunicar!

Ele pedia mosca

Sua forma de jantar.



Lembrei da casa de Dora

Um mosqueiro de arrasar

Alimento de sobra não ia faltar

Dentro da mala foi seu lugar

Quatro horas de viagem,

Alguém iria notar?



Mas deu tudo certo

Deram-lhe nome de Beto

E todo aquele mosqueiro

Agora tinha destino,

O coaxar do “menino”

De fome não existia

E quando era tudo alegria

Beto sumiu de repente

De volta o mosqueiro

Na cara da gente,

E bate a saudade do sapo

Que um dia veio nos salvar.





Marcelo de Oliveira Souza,iwa













Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui