Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
246 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57924 )
Cartas ( 21204)
Contos (12788)
Cordel (10233)
Crônicas (22049)
Discursos (3145)
Ensaios - (9188)
Erótico (13446)
Frases (45002)
Humor (18864)
Infantil (4083)
Infanto Juvenil (3105)
Letras de Música (5496)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138506)
Redação (2982)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2415)
Textos Jurídicos (1932)
Textos Religiosos/Sermões (5174)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Canção -- 18/11/2017 - 01:46 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Canção





O que canto

Encanta o coração

Às margens da lagoa

O corpo descansa



A relva cobre a terra

As pedras amparam correntezas

Do rio a correr

Por entre as cidades



Lavo roupas

Nas pedras auxiliares

Das braçadas

Nas roupas encardidas



Crianças se banham

Mergulham e se encantam

Com as águas

Com os rios



A Lagoa purifica

Alveja e limpa

Deixando um tom de paz

Nas espumas que fazem



A canção da lavadeira

Embeleza a beira do rio

E o rio segue o leito

De peito aberto



No canto, à beira

Está o cantor

No som da entonação

Encantando a lavadeira
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui