Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
104 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57027 )
Cartas ( 21168)
Contos (12587)
Cordel (10075)
Crônicas (22190)
Discursos (3134)
Ensaios - (8996)
Erótico (13394)
Frases (43620)
Humor (18449)
Infantil (3772)
Infanto Juvenil (2680)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1316)
Poesias (138222)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2400)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4849)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->MENTIRAS -- 31/01/2017 - 00:09 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


MENTIRAS



O silencio impossível veste-se de carros

e sei que dorme ao fundo como menino perdido

atropelado que é a cada segundo que ouço

para tentar resgatá-lo como se fosse possível



Um zumbido de insetos denuncia a existencia

porém sei que é recurso para não enlouquecer

mesmo assim o emudeço para pensar objetos

e poder sobreviver à humana solidão



Enchemos os momentos de coisas a fazer

ou de lutas a pensar e sentimentos a tecer

mas alguma coisa diz que nada disso a vida é

e o carro vira mentira, o silencio está de cócoras

e eu

nem sei querer





------------------------------------------------------------------
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 68 vezesFale com o autor