Usina de Letras
Usina de Letras
63 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59266 )

Cartas ( 21241)

Contos (13145)

Cordel (10297)

Crônicas (22219)

Discursos (3164)

Ensaios - (9460)

Erótico (13486)

Frases (46705)

Humor (19310)

Infantil (4487)

Infanto Juvenil (3784)

Letras de Música (5484)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138412)

Redação (3058)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5562)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->SONHO ESTRANHO QUE SONHEI -- 10/07/2016 - 21:06 (benedito morais de carvalho(benê)) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Eu tive um sonho estranho


muito estranho o que sonhei


sonhei que não havia guerras


armas, soldados e quartéis


nem ataques terroristas


intolerância religiosa


intolerância sexista


nem fome e desemprego


e gente dormindo nas ruas


não existia mais pobreza


todos tinham moradia


nem segregação racial


e todos eram irmãos


a fraternidade existia


era uma lei universal.


Negros não eram suspeitos


e assassinados todos os dias


sonhei com hospitais vazios


porque não havia doentes


todas as crianças nas escolas


e não havia guetos, favelas,


cortiços, albergues, esmolas


não havia políticos corruptos


nem eleitores alienados


não havia traficantes


drogas, ninguem conhecia


porque não existia viciados.


Sonhei com um mundo lindo


com Deus animado e sorrindo


sendo unanimemente amado.

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 49Exibido 139 vezesFale com o autor