Usina de Letras
Usina de Letras
59 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59276 )

Cartas ( 21241)

Contos (13148)

Cordel (10297)

Crônicas (22219)

Discursos (3164)

Ensaios - (9464)

Erótico (13486)

Frases (46713)

Humor (19313)

Infantil (4488)

Infanto Juvenil (3785)

Letras de Música (5484)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138414)

Redação (3059)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5564)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->BARBALHA, ME ESPERE QUE EU VOU JÁ. -- 06/07/2016 - 18:11 (benedito morais de carvalho(benê)) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Barbalha: te percorro


às margens do Salamanca


captando tuas energias


e passo a passo


eu me refaço


pelas ruas:


Pero Coelho,


Pinto Madeira,


do Vidéo,


e Neroly Filgueira.


No altar da Igreja Matriz


aos pés de Santo Antônio


me sinto revigorado.


Cidade das tradições


dança do reisado


pau da bandeira


bandas cabaçais


os penitentes. (*)


Barbalha doce mel


o verdor dos canaviais


no teu corpo de menina


é o que mais me fascina.


Quando a noite te envolve


entre azulejos portugueses


e os casarões coloniais


nas tuas ruas eu procuro


saudades dos tempos idos


amores de nunca mais.


Na praça Filgueiras Sampaio


saudoso, do banco não saio


saudoso, sim, por te deixar


espero a noite se aquietar


só pra te amar um pouco mais.


 


 


(*)- Ordens dos Penitentes de Barbalha são confrarias religiosas formadas exclusivamente por homens rurais. Reunem-se sobretudo durante a semana santa e dias de quaresma, vestem capas pretas com cruzes desenhadas e usam capuzes brancos que escondem suas identidades. Durante as práticas penitenciais, saem em comitiva partindo de uma encruzilhada ou cruzeiro, parando em cruzes nas estradas, moradias e cemitérios, pedindo orações pelas as almas.


 


 
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 49Exibido 229 vezesFale com o autor