Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
36 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59040 )

Cartas ( 21234)

Contos (13080)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9402)

Erótico (13483)

Frases (46385)

Humor (19249)

Infantil (4423)

Infanto Juvenil (3673)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138140)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1944)

Textos Religiosos/Sermões (5495)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->INJUSTA PENA! -- 01/04/2016 - 22:18 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
. INJUSTA PENA!

Andarilho





Um passarinho preso injustamente

Passou a cumprir pena na gaiola

Seu defensor não pôde estar presente

Restando a alpista – como esmola!



Voar... voar... sempre foi o seu destino

Pegar comida nas mãos da Natureza

Beber a água no riacho cristalino

Olhar – de cima - o que temos de beleza!



Quer o verdugo ter direito exclusivo

Do belo canto que se ouve pela mata

Desse artista que passou a ser cativo!



A Natureza perde um filho na “cascata”

De um perverso com discurso afetivo,

Que não esconde a tendência escravocrata!



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 153 vezesFale com o autor