Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
151 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58118 )
Cartas ( 21211)
Contos (12860)
Cordel (10239)
Crônicas (22075)
Discursos (3147)
Ensaios - (9223)
Erótico (13451)
Frases (45260)
Humor (18932)
Infantil (4147)
Infanto Juvenil (3229)
Letras de Música (5505)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138693)
Redação (2995)
Roteiro de Filme ou Novela (1057)
Teses / Monologos (2417)
Textos Jurídicos (1934)
Textos Religiosos/Sermões (5246)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Sem Perdão! -- 14/11/2015 - 13:18 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

 

Sem perdão Um país que a gente sempre quis Cidade da luz, alegria e badalação. A igualdade para eles é fraternidade O santuário de libertação. Na sua organização Fez-se a sua união, Ícone europeu Nessa noite sofreu convulsão. Atentados de demônios disfarçados, Onde o eco das bombas fez-se Escuridão. Metralhadoras cuspindo A morte E o terror atinge a População à sua própria “sorte”. Gente do mundo inteiro Comemorando a sexta-feira, Onde o treze foi a deixa Dos bandidos malvados Gritar de  Lá a sua perversão, A sua justiça injusta Executando e manchando Toda uma multidão. A invasão de uma nação O horror espalmando na mão O lunático gritando palavrão E hoje tristes gritamos: - Isso não tem perdão! Marcelo de Oliveira Souza,IWA 13/11/2015  

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui