Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
98 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57497 )
Cartas ( 21184)
Contos (12607)
Cordel (10175)
Crônicas (22280)
Discursos (3141)
Ensaios - (9088)
Erótico (13415)
Frases (44274)
Humor (18616)
Infantil (3901)
Infanto Juvenil (2847)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138230)
Redação (2946)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2411)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4980)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->O Padre e o Puteiro -- 28/01/2007 - 09:40 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


Oh!Minha poetisa... Rsrs...O puteiro...Constrange o padre,pois lá muitas Madalenas carente de amor gente,de comunhão nu comum homem...Oh!!! O Padre o puteiro... ao latimbum só pra reinar entre as pernas Maria adentrando no lar Deus de um calor mulher...E sim Sinhá Moça Deus sentindo dores bem aventuradas na razão dele aos pecados do divino Ser...Minha Manguaba...Lagoa dos batismos,das iniciações,as bênçãos sagradas nas volúpias por volúpias...Oh!!! Baronesas que forrada ao chão quentinho do sol absolvido... A carcaça minino deitada, com a cara na lua dela da viagem de Rá, Oh! Sagrados puteiros a céu aberto... De cantares: corujas, grilos, sapos, rasgam mortalhas um baile natural, mas a serpente rastejando e deslizando sobre meu dilacerado peito sacerdote da paróquia da virgem do Ò. Oh!Marisa nos ti damos vosso amorrrrrrrrrr...

Perdão por não ser santo e pecar tanto...

Padre
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui