Usina de Letras
Usina de Letras
32 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59271 )

Cartas ( 21241)

Contos (13147)

Cordel (10297)

Crônicas (22219)

Discursos (3164)

Ensaios - (9463)

Erótico (13486)

Frases (46709)

Humor (19312)

Infantil (4487)

Infanto Juvenil (3784)

Letras de Música (5484)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138414)

Redação (3059)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5563)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->EM NOME NÃO SEI DE QUÊ -- 10/05/2015 - 14:29 (benedito morais de carvalho(benê)) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

criaças afriacanas

olhos esbugalhados

ventres inchados

infectadas

apodrecidas

em pestilência.

Refugadas

descartadas

empilhadas

em barcos clandestinos

navios negreiros

pelos os mares afora

dolosamente torpedeados

pela a guarda costeiras

impiedosamente afundados

em nome não sei de quê

inocentes morrem afogados

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 49Exibido 124 vezesFale com o autor