Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
71 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57105 )
Cartas ( 21170)
Contos (12598)
Cordel (10092)
Crônicas (22211)
Discursos (3137)
Ensaios - (9015)
Erótico (13403)
Frases (43753)
Humor (18484)
Infantil (3792)
Infanto Juvenil (2716)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138313)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4889)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->A Mendiga Esclarecida -- 02/05/2015 - 10:53 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
A Mendiga Esclarecida



Embaixo de uma loja

Ainda para ser restaurada

Ela lê um livro antigo,

Encima de suas roupas

Pútridas ao tempo.



Com suas unhas trabalhadas

Mais bonitas que de “madame”

A moça põe-se a admirar,

As mãos espalmadas...

Esquecendo até a falta do seu jantar.



Sem casa, amigos e lugar

A desafortunada mulher

Fica a lamentar,

Na solidão

Desse recôndito luar.



Com um vocabulário nada simplório

Todos passam a observar

Interagindo com a comunidade

Ninguém a vê como mendiga.





Um grande disfarce

Para a esmola preterida

Pois uma mulher desenvolvida

Nunca poderia cair nesse ostracismo

De uma vida esquecida.





Marcelo de Oliveira Souza,IWA

02/05/2015









Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui