Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
99 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57369 )
Cartas ( 21181)
Contos (12607)
Cordel (10136)
Crônicas (22252)
Discursos (3139)
Ensaios - (9064)
Erótico (13414)
Frases (44124)
Humor (18580)
Infantil (3845)
Infanto Juvenil (2800)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138540)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2408)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4943)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Baratas -- 15/03/2015 - 17:23 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Baratas





Todos os dias fala-se em mudança

E não acontece nada,

Quando menos imaginamos

A cesta básica dá uma disparada

Corremos para o outro lado,

Vemos o povo desanimado

Gasolina, luz, ônibus e açougue

Num rojão desenfreado.

Imposto virando leão

Mordendo um endividado.

O dólar sobe, nossa autoestima desce

E o banho no final do dia ?

Sem água, ninguém merece!

A conta é sempre do povo

E nada acontece.

A chefona vai à televisão

Pedir paciência e cuspir enganação.

No final da noite o corpo adormece,

Escondemo-nos do sofrimento

Os pesadelos rondam nossa mente

Uma atmosfera descontente,

Favelização, bolsa família,

Enchente...

Tudo rondando a cachola

E essa mulher de sempre

Quer ficar para outrora!

Amanhce...

Tudo se repete...

A rotina do conformismo

Destrói o ser humano

Num sistema maldito

Onde o roubo, corrupção

Virou crime do grande escalão

Sem ir para a prisão...

Alimentando a ostentação...

Os bandidos se multiplicam como baratas

Destruindo a nossa nação.





Marcelo de Oliveira Souza,IWA







Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui