Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
26 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57057 )
Cartas ( 21170)
Contos (12599)
Cordel (10080)
Crônicas (22199)
Discursos (3134)
Ensaios - (9003)
Erótico (13395)
Frases (43650)
Humor (18457)
Infantil (3773)
Infanto Juvenil (2689)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138245)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4854)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->DELICADA LOUCURA -- 19/11/2014 - 00:11 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


DELICADA LOUCURA



Andar a areia da Terra

e acariciar os mares com o olhar em grito,

corpo ao vento enredado na vida como fera

atirando pensamentos ao infinito como sonhos



quero o que não pode ser possível

que seja infinito na finitez de minha existencia

como nunca morrer

e mesmo sabendo que não tenho como conseguir

proeza tal

que tal igualmente acredita-lo possível

cheio de misterios meu sonho delirante

completando a loucura de voar

revidando revanches ao derrotismo

sem dar bola ao que resmunga

por curto pavio

e idiotez...



que tal enxergar a violeta

flor pequena aveludada e tímida

cheia de cor lilás

a dizer que tudo será possível

desde que

nas pedras duras possa nascer

pétala assim





MC
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 35 vezesFale com o autor