Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
104 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57028 )
Cartas ( 21168)
Contos (12587)
Cordel (10075)
Crônicas (22191)
Discursos (3134)
Ensaios - (8996)
Erótico (13394)
Frases (43621)
Humor (18450)
Infantil (3772)
Infanto Juvenil (2681)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1316)
Poesias (138222)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2400)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4849)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->NOTIVAGUES -- 22/04/2014 - 00:46 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos




NOTIVAGUES



E sem querer a gente vira

robô alucinado

ou com sorte, a nado

atravessamos a avenida

coerentes como tranvias

neste século

de telepatia.



Não juro não, mas não sabia

que contigo só seria

um dia

se soubesse fugiria

sei que não apostaria



se fosse assim para ficar

sei que então eu ficaria

mas talvez exigiria

a noite inteira

e não o dia



e sem querer a gente vira

mania do outro, vazia

não quero não

deixo contigo

o rasto do meu tranvia



pois sem querer a gente vira

conhecido demais,

telepatia

não por ondas mentais

por outra via;

é que a internet

não me sacia...







------------------------------
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 53 vezesFale com o autor