Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
89 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57055 )
Cartas ( 21170)
Contos (12597)
Cordel (10080)
Crônicas (22199)
Discursos (3134)
Ensaios - (9003)
Erótico (13395)
Frases (43648)
Humor (18456)
Infantil (3773)
Infanto Juvenil (2688)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138244)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4854)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->A AGUA do FUNDO -- 22/12/2013 - 00:48 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
A AGUA do FUNDO





Você cabisbaixo porque anda devagar

ou por pensar, pensar.

Tuas viagens, imagino, devem ser aos confins

da Via Láctea.

Sei que não devo estar por lá.

(sabe lá!)



Tuas idas ao universo silencioso te dão

nos olhos

o brilho preocupante do poço

desses que escondem a água centenas de metros

para dentro da Terra.



Nesse profundo esconderijo

posso estar.

Quem sabe foi assim

que te reconheci.



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 139 vezesFale com o autor