Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
201 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58105 )
Cartas ( 21211)
Contos (12845)
Cordel (10239)
Crônicas (22073)
Discursos (3147)
Ensaios - (9222)
Erótico (13451)
Frases (45253)
Humor (18925)
Infantil (4144)
Infanto Juvenil (3225)
Letras de Música (5502)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138679)
Redação (2995)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2417)
Textos Jurídicos (1934)
Textos Religiosos/Sermões (5244)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->ESTAGNAÇÃO -- 18/12/2013 - 02:09 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


ESTAGNAÇÃO



Junta-se a noite com o dia num ponto

ou numa linha estendida no horizonte

e os dois de mãos dadas invadem o meu quarto

e os pensamentos de devaneio trazem você.



Mas tudo aqui a meu lado encontra espaço

e o silencio de pessoas me faz ver que fico só

porque a fala dos objetos me atordoa sem piedade

e me esgotam os contornos com suas vozes sem ardor.



Guardo a imagem sem artérias e a tua fala sem garganta

minha pele ainda é esta mas no dia eu era outra

e você talvez também porque nada fica igual



as violetas na janela dizem tanto que dá dó

e umas notas misteriosas saem dos muros e do sol

junto a noite com o dia, durmo pouco e aqui estou







-------------------------------------------------------------
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 2Exibido 61 vezesFale com o autor