Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
93 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57055 )
Cartas ( 21170)
Contos (12597)
Cordel (10080)
Crônicas (22199)
Discursos (3134)
Ensaios - (9003)
Erótico (13395)
Frases (43648)
Humor (18456)
Infantil (3773)
Infanto Juvenil (2688)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138244)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4854)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Já Falei -- 03/12/2013 - 11:12 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


Já falei ( 31/05/2012)





Já te contei uma vez...

que tenho pedaços de mim

por aí

que procuram as partes que acham

sejam inteiras

e por fim

nada sabem de mim.



Já te expliquei sobre mim

solidão de ermitã como estranha

no meio de tudo

na multidão



E você fez de conta que nada

fez de conta que nunca soubera

o que é ficar só como espera

o que é ser espera também

E você já contou-me uma vez

que uma parte de mim te encontrou

porque só respiravas e só

esperavas as partes de ti



Pois então já te digo outra vez

solidão não tem mais solução.



Ou contigo

comigo

com quem



Porque as partes

meu bem

elas fogem

sejam suas em mim

sejam minhas em ti



Elas nascem sozinhas e vão

procurando nós dois

por ai





------------------------------------------------

( publicado em 31/05/2012- link Maria Cristina Dobal Campiglia)

Usina de Letras

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 79 vezesFale com o autor