Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
39 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58140 )
Cartas ( 21211)
Contos (12858)
Cordel (10239)
Crônicas (22086)
Discursos (3147)
Ensaios - (9227)
Erótico (13452)
Frases (45293)
Humor (18936)
Infantil (4158)
Infanto Juvenil (3232)
Letras de Música (5505)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138711)
Redação (2995)
Roteiro de Filme ou Novela (1058)
Teses / Monologos (2417)
Textos Jurídicos (1934)
Textos Religiosos/Sermões (5250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Ressuscitado -- 21/11/2013 - 10:24 (José Carlos Moreira da Silva) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


Ressuscitado !





Eu vivo assim deslumbrado com a vida,

Impressionado com tantas lembranças,

De uma infância tão querida,

De um passado de bonanças !



É que a pureza singela dos recomeços

Não nos avisa dos tropeços,

A que estamos tão sujeitos

No empenho que intentamos !



Guardo assim heranças de outrora

Créditos, incentivos, que desconheço,

Resplendores de ignota aurora

Capital semente com novo preço !



Dou graças a Deus por esta herança,

Que mantém viva a esperança,

De algum êxito lograr !



Problemas mil enquanto resgatamos

Os débitos que não negamos

De infeliz semeadura,

Em passado alhures a reclamar !



Qual náufrago trôpego e redivivo,

Respiro feliz e me sinto vivo

Desde que a poesia seja comigo !





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui