Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
41 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58140 )
Cartas ( 21211)
Contos (12858)
Cordel (10239)
Crônicas (22086)
Discursos (3147)
Ensaios - (9227)
Erótico (13452)
Frases (45293)
Humor (18936)
Infantil (4158)
Infanto Juvenil (3232)
Letras de Música (5506)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138711)
Redação (2995)
Roteiro de Filme ou Novela (1058)
Teses / Monologos (2417)
Textos Jurídicos (1934)
Textos Religiosos/Sermões (5250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Renascer -- 21/11/2013 - 10:21 (José Carlos Moreira da Silva) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


Renascer...!





Arrebol de manhã formosa...!

Quietude silente, luz esperança,

Promessa de uma jornada ditosa,

Berço sereno de pura bonança !



Tudo é uma nova vida,

A realidade de ontem passou,

O fresco levante em alegria renhida

Apaga as agruras que o vento levou !



Exaustor da vida em cada novo dia,

O amanhecer oportuno se faz

Transcendendo à noite de nostalgia,

Expurgando a tristeza que ficou para trás



Dádiva sublime após o torpor,

Nova existência quando o dia amanhece

Já nem lembramos, de ontem, o desamor,

Se a manhã sublime nossa alegria enternece !



Será que durante o sono nos “trocaram” ?

Porque despertamos assim tão felizes ?

Será que o orvalho da madrugada

É o pranto divino por nossos deslizes ?





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui