Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
272 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57905 )
Cartas ( 21198)
Contos (12732)
Cordel (10220)
Crônicas (22338)
Discursos (3145)
Ensaios - (9154)
Erótico (13440)
Frases (44820)
Humor (18791)
Infantil (4027)
Infanto Juvenil (2995)
Letras de Música (5486)
Peça de Teatro (1324)
Poesias (138554)
Redação (2964)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2413)
Textos Jurídicos (1931)
Textos Religiosos/Sermões (5102)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->ILUSÃO -- 28/09/2013 - 01:49 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Ilusão



As dúvidas

da cabeça

bem vindas sejam

fazem faísca

imitando sol.

Bem vindas

as incertezas

quando balançam

o coração

e o deixam louco

como um trovão.



Passo as esquinas

e posso nada

arranco a falta

que à toa fazes

depois percebo

que nada falta

pois nada tinha

nunca faltou.

Bem vinda a lança

da vida viva

rodopiando

no coração

só há desejo,

imaginação...



Como roseira com data fixa

na primavera floresço ao sol

mas o calor incomoda a vista

guardo o perfume

durmo sem dó.

Nada é seguro, sempre essa falta:

de onde vieste

quem te mandou?

Deve ter sido

minha vontade

cheia de falta

de algum amor
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 71 vezesFale com o autor