Usina de Letras
Usina de Letras
115 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62161 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10449)

Cronicas (22530)

Discursos (3238)

Ensaios - (10347)

Erótico (13567)

Frases (50573)

Humor (20027)

Infantil (5422)

Infanto Juvenil (4752)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140790)

Redação (3302)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1959)

Textos Religiosos/Sermões (6182)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Contos-->Descoberta -- 01/05/2001 - 17:30 (Zilton Fioravante Salgado) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
E tudo naquele momento quizera ser nada.
Faziam-se milhões de coisas. Muitas delas aconteciam, outras, porém, apenas comtemplavam o ser, quem sabe somente o existir era importante.
A paisagem imóvel penetrava nele como se todo aquele instante se fizesse único e se formasse por dentro dele. Toda estática, toda estética ainda nua, crua.
Entrava em seu ser e se comovia com tudo aquilo que era sereno, que era ordem. Fazia ela deste momento última instancia de sua existência. E ele, ainda mantinha o olhar estagnado sobro o mundo que caminha à frente do apenas ser que ele tentava ser.
Mesmo tudo existindo, aquele momento era todo descoberta. Mesmo que tudo tentasse ser nada.
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui