Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
83 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57023 )
Cartas ( 21168)
Contos (12612)
Cordel (10075)
Crônicas (22188)
Discursos (3134)
Ensaios - (8996)
Erótico (13394)
Frases (43615)
Humor (18448)
Infantil (3772)
Infanto Juvenil (2679)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1316)
Poesias (138224)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2400)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4848)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Grito -- 30/09/2012 - 00:26 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Grito



Sai o sol do outro lado do mundo

e eu aqui no artifício da luz

frio estranho e ardência nos lábios

de ausência e papel

Conjugar uma noite de estanho

quando não de total embriaguez

para onde fugiram os sonhos

de quem por acaso os quiser?



Houve um grito no meio da noite

não foi meu nem ainda foi teu

arriscou-se a morrer no barulho

da inquietude de um sábado estéril

Devo ter escutado delírios

ou talvez escutei sem querer?

Sai o sol do outro lado do mundo

e eu aqui quero o sonho que houver





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 100 vezesFale com o autor