Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
39 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59061 )

Cartas ( 21235)

Contos (13084)

Cordel (10287)

Crônicas (22192)

Discursos (3163)

Ensaios - (9412)

Erótico (13484)

Frases (46425)

Humor (19256)

Infantil (4428)

Infanto Juvenil (3686)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1336)

Poesias (138178)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5503)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->À MEIA-LUZ! -- 26/04/2012 - 21:29 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.

À MEIA-LUZ

Silva Filho





À meia-luz... jazia nosso ninho

As persianas balouçavam em aceno

Duas taças já tingidas com o vinho

E um bolero borrifando seu veneno.



Prelúdio... é um cálice de carinho

Garimpo em especial terreno

Acordes pelas cordas de um pinho

Um mundo de magia... tão pequeno.



Murmúrios perfilavam os segredos

O amor já escorria pelos dedos

Seguindo ritual estonteante!



Volúpias despejaram-se no leito

Dois corpos se fundiram peito a peito

Por fim... naquela cama trepidante!



/aasf/

26/04/2012





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 149 vezesFale com o autor