Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
152 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58131 )
Cartas ( 21211)
Contos (12856)
Cordel (10239)
Crônicas (22079)
Discursos (3147)
Ensaios - (9225)
Erótico (13451)
Frases (45272)
Humor (18933)
Infantil (4151)
Infanto Juvenil (3229)
Letras de Música (5505)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138693)
Redação (2995)
Roteiro de Filme ou Novela (1057)
Teses / Monologos (2417)
Textos Jurídicos (1934)
Textos Religiosos/Sermões (5247)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->ESTOU VIVO II -- 15/03/2012 - 11:43 (getulio silva) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


ESTOU VIVO II


 


 


Estou vivo! Muito vivo!


Acordei, com os olhos


Coloridos de esperança...


Tudo no meu olhar tem nuances...


Matizes profundo de cores.


E, por isso, percebo


Que estou vivo! Muito vivo!


Estou vivo pra ver o crepúsculo


E acordar com os raios dourados do sol


Que iluminam a minha vida.


Ah! Como estou vivo!


Sinto o perfume das flores que não falam


Mas exalam um cheiro de vida.


Ah! Como é maravilhoso ouvir os sons


Emitidos pela natureza... Dos pássaros,


Do vento, das folhas caindo... Ah! Isso é vida!


Estou muito vivo! Andam dizendo por aí...


Que até remocei e que estou amando!


E falam ainda, a boca pequena,


Que é um amor secreto


Um amor de outono... Tudo isso são evidências de


Que estou vivo! Muito vivo!


Os amigos que me desculpem... Estou amando sim,


E amando muito, por isso, estou vivo!


Passei por mares de tormentas


E, submerso vim à tona, em oceanos azuis


Com águas calmas e muito calmas.


Sobrevivi aos temporais e estou vivo! Muito vivo!


Chuvas de pétalas de rosas


Estão coroando minha vida. Ah! Como estou vivo!


E muito vivo!


E, do bem que me querem


Encontro ânimo pra o meu viver e,


Por isso, que vivo! E viverei muito!


Hei de levar rosas brancas colhidas


Nos meus jardins floridos


Para enfeitar com guirlandas


As cabeças dos meus amigos,


E, que os sermões do Santo Padre intercedam


Junto a Deus, abençoando as vidas dos entes,


Queridos por mim. É por isso, que vivo!


Estou vivo e muito vivo!


 


Getúlio Silva 09/02/2007.


Dedicação Especial à


Hull de La Fuente 


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui