Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
227 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59040 )

Cartas ( 21234)

Contos (13080)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9402)

Erótico (13483)

Frases (46385)

Humor (19249)

Infantil (4423)

Infanto Juvenil (3673)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138140)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1944)

Textos Religiosos/Sermões (5495)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->NO GALOPE DO SONETO -- 28/02/2012 - 22:02 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.



NO GALOPE DO SONETO

Silva Filho





Fingindo galopar no meu soneto

Meu bem se acomodou no meu selim

A trava se encaixou até o fim

Galope que juntou branco no preto.



E assim fizemos longa cavalgada

Seguindo o encanto dos cometas

Por rédeas eu tomei as suas tetas

A trava muito bem lubrificada.



Jamais me esquecerei dos seus cabelos

Tampouco do seu corpo abrasador

Roçando o selim somente em pêlos.



Quem dera não findasse o passeio

Infelizmente há pane no tensor

Depois que derramou óleo de freio.



/aasf/











Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 166 vezesFale com o autor