Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
108 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57113 )
Cartas ( 21170)
Contos (12596)
Cordel (10092)
Crônicas (22213)
Discursos (3137)
Ensaios - (9017)
Erótico (13404)
Frases (43771)
Humor (18490)
Infantil (3792)
Infanto Juvenil (2720)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138319)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4892)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Minha Terra -- 21/01/2012 - 16:13 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Minha Terra



Minha terra não tem palmeiras,

Nem sabiá

Quanto mais canto!

Não tem aves que gorjeiam,

Ninguém sabe o que tem lá.



Nosso céu é todo escuro,

Não tem várzeas e flores

Não tem bosques, nem vida

É tudo um só obscuro.



De ficar sozinho à noite

É sempre um contínuo cá,

Mas é pior ficar lá,

Onde não tem canto,

Quem dirá sabiá.



Não permita Deus que eu volte lá

Quando eu morrer, é melhor morrer cá

Não desfruto de amores,

Quem dirá lá!



Marcelo de Oliveira Souza

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui