Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
116 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57043 )
Cartas ( 21170)
Contos (12600)
Cordel (10078)
Crônicas (22200)
Discursos (3134)
Ensaios - (9000)
Erótico (13395)
Frases (43640)
Humor (18454)
Infantil (3772)
Infanto Juvenil (2688)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1316)
Poesias (138232)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4851)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Aviso -- 17/01/2012 - 00:09 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


Aviso



Digo que fico na área

como uma ave que aguarda

só para que me penses

só para te cuidar.

Algo me diz que as estrelas

querem até me ajudar



Frio, geadas, desertos

tudo por dentro do peito

eu atravesso e arrisco

e a solidão quer ficar.

Não que não tenha os amigos

sempre é possível estar



Mas a estação me devora

como a esses pássaros vivos

é necessário de novo

sempre voar e migrar.

Quero a guarida escondida

digo que vou é

te achar...



****************************
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 141 vezesFale com o autor