Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
29 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59040 )

Cartas ( 21234)

Contos (13081)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9402)

Erótico (13483)

Frases (46385)

Humor (19249)

Infantil (4423)

Infanto Juvenil (3673)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138140)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1944)

Textos Religiosos/Sermões (5495)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->VOU TE DESPIR ASSIM! -- 28/07/2011 - 17:28 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131197872748018600


VOU TE DESPIR ASSIM!

Silva Filho





Vou te despir assim... com essa rima

Com essa rima eu te quero desnudar

Pois esta mão... já cansada de teclar

Quer apalpar a verdadeira obra-prima.



Verso primeiro para desvelar os seios

Verso segundo perscrutando os segredos

E na seqüência tessitura dos enredos

Ensaiando alguma peça nos enseios.



No poema o teu corpo se acomoda

Na massagem o meu estro faz a moda

De pôr versos incrustados na nudez.



Finalmente com teu corpo já despido

O soneto agora rubro... empedernido

Decidiu não mais deixar a tua tez.



/aasf/

09/05/2009





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 178 vezesFale com o autor