Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
188 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59142 )

Cartas ( 21236)

Contos (13107)

Cordel (10292)

Crônicas (22196)

Discursos (3164)

Ensaios - (9441)

Erótico (13481)

Frases (46534)

Humor (19286)

Infantil (4462)

Infanto Juvenil (3732)

Letras de Música (5479)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138253)

Redação (3054)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5528)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->MEU AMIGO POETA -- 06/07/2011 - 20:43 (Umbelina Linhares Pimenta Frota Bastos) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
. Meu amigo Poeta

Chegando à minha casa abatida e entediada

Da minha janela vejo a cidade,

Uma expressão parada de sonho.



Ao chegar tinha os ouvidos surdos,

Cheios do barulho das ruas

E nos lábios um gosto de poeira e fel.



Toda tarde ao voltar eu devo ter

Esse mesmo ar de mais morta do que viva.

Amigo Poeta tu já ficastes em silêncio?

E pensar em como eu fico

Absorta e sem razão?



No quanto há de sublime em nossa alma

De artista,

Bêbeda de sonho e louca de

Inquietação?!...



Tu sabes e eu o sei, nós dois sabemos

Quanto é inútil, sendo bela,

Esta ânsia de tua alma eternamente

Inquieta e esses desejos meus...



Mas, quem pode matar dentro do Poeta

Essa fé que acredita em coisas

Que não cremos

E esse desejo louco de querer ser Deus?!...



Os poetas são, ora uma sombra amena

E distraída que erra, ora uma luz serena

E colorida que é a essência que a própria vida descerra!



São lembranças que os Deuses deixaram

Na Terra e depois um dia voltaram

Para os céus!



Poeta tem um coração imenso e louco,

Poesia é ressonância e música a distância

É ânsia!

Voz que vem não sei de onde,

E fica suspenso no ar!



Amigo Poeta benditos os que como tu

Trazem na alma de harmonias repleta,

Felizes os que como nós

Podem desabafar consigo mesmo

E ainda encontrar consolo

Ouvindo a própria voz!...



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui