Usina de Letras
Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
153 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58839 )
Cartas ( 21231)
Contos (13023)
Cordel (10266)
Crônicas (22172)
Discursos (3163)
Ensaios - (9365)
Erótico (13471)
Frases (46073)
Humor (19152)
Infantil (4362)
Infanto Juvenil (3560)
Letras de Música (5469)
Peça de Teatro (1333)
Poesias (137977)
Redação (3039)
Roteiro de Filme ou Novela (1060)
Teses / Monologos (2425)
Textos Jurídicos (1943)
Textos Religiosos/Sermões (5434)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Tu -- 28/05/2011 - 10:56 (Lita Moniz) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.



 

                      Tu
Tu, estátua ardente à luz da fé reluzente.
Portal a fazer o impossível acontecer.

Não entro, estou suja por fora e por dentro.
Largada de mim, fico-me assim, rosa desfolhada.

Espelho meu, não me apontes o desleixo em que
me deixo.

Ó Céu das coisas impossíveis,  vem me ensinar a ressuscitar.
Ilumina minhas idéias e ideais.


Inspiração a chegar de um bom lugar onde almas santas foram repousar.
Mostra-me o novo, o contemporâneo.

E se calhar, algo para além desta nossa forma de estar.
Dita, quero escrever o que chegar, esteja ou não apta para o interpretar,


pelo menos serei capaz de o registrar, de o passar.                                                                                                                                                                       Talvez  mais à frente encontre gente  mais competente.

Mais ousada, despojada, gente para quem este mundo já não diz nada.

Lita Moniz

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 6Exibido 241 vezesFale com o autor