Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
205 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58443 )
Cartas ( 21217)
Contos (12932)
Cordel (10248)
Crônicas (22142)
Discursos (3154)
Ensaios - (9303)
Erótico (13459)
Frases (45632)
Humor (19028)
Infantil (4261)
Infanto Juvenil (3390)
Letras de Música (5457)
Peça de Teatro (1331)
Poesias (137834)
Redação (3022)
Roteiro de Filme ou Novela (1059)
Teses / Monologos (2418)
Textos Jurídicos (1938)
Textos Religiosos/Sermões (5333)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->O ANO ACABOU E O PAPA NÃO MORREU -- 01/01/2003 - 11:24 (JOÃO DE FREITAS) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.

Quem conhece o futuro? Não é difícil encontrar fatos enquadráveis em predições. Mas, sempre que alguém anuncia o que irá acontecer, engana-se. Veja abaixo: "Data: sexta-feira, 1 de novembro de 2002 02:34 Olá João,A vitória da França eu não sei, mas a conquista do poentacampeonato pelo Brasil em 30-06-2002 está citada, indiretamente, por meio da alusão à festa da conquista em S16S17.(de fato em S17, sextilha de continuação de S16. Em S16 está a data, junho/2002)Em 1999, um texto foi interpretado como sendo grandes tragédias que deveriam acontecer.Provavelmente isso refere-se a C10Q072. Como é explicado lá, 07/1999 é, de fato, 09/2001; há uma diferença (proposital) de duas unidades, como em outras quadras (por exemplo, C06Q002)"Recebi essa mensagem em 1º/11/2002 e fui verificar. Encontrei na página o que segue abaixo entre aspas: “João Paulo II, O Rei Pelé, Henrique, Segundo. A Conquista do Pentacampeonato de 2002. A Saúde do Papa.César de Nostredame e o Fato Real Revisão final 16-12-2002 XI. 16.**En Octobre six cents & cinq,Pourvoyeur du monstre marinPrendra du Souverain le Cresme,Ou en six cents & six, en Juin,Grand Roy aux grands & au commun,Grands faits apres ce grand Baptesme.Tradução:Em Outubro seiscentos e cincoO Patrocinador do monstro marinhoPrenderá do Soberano a CrismaOu em seiscentos e seis, em JunhoGrande Rei aos nobres e ao comumGrandes fatos após seu grande batismoXI. 17Au mesme temps un grand endurera,Joyeux mal sain, l"an complet ne verra,Et quelques uns qui seront de la feste,Feste pour un seulement, a ce jour,Mais peu apres sans faire long sejour,Deux se donront l"un a l"autre de la teste.Tradução:Ao mesmo tempo um grande penaFelizes perniciosos, o ano completo não veráE quaisquer uns que estejam na festa (do penta)Festa somente por um, a seu diaMas pouco depois sem fazer longa residênciaDois se verão l"un a l"autre pela testa(frente a frente) [Estamos cancelando todas as Notas e revisões anteriores, pois entendemos ter estabelecido a identidade de todas pessoas citadas nas duas sextilhas. Como a revisão de 06-12-2002 praticamente encerra ambas, ficaremos apenas devendo a identificação explícita do patrocinador do monstro marinho. É uma personalidade que permitirá, voluntária ou involuntariamente, que l"onde invada a Itália. Oportunamente será identificado ou talvez nem mesmo precise, pois será de conhecimento público. Com isso entendemos, a menos da divulgação dessa identificação que já foi efetivamente realizada, que ambas as sextilhas estão fechadas, sendo esta a revisão final. Haverá outras revisões, mas que dificilmente virão a mudar substancialmente as situações citadas em ambas] Vamos, antes de mais nada, estabelecer a tabela para as duas datas. A data-base a ser aplicada é a de 20-01-1951. Só para lembrar, a "escadinha acima" soma o número de anos ao ano de 1951 e depois o número de meses que restaram. A "escadinha abaixo" subtrai o número de meses, após somar o número de anos. Exemplo: 605 => 600 + 5 => 50a ± 5 m => 52a ± 3m. Aplicando a escala abaixo teremos: 290-01-1951+52 = 20-01-2003 20-01-2003 - 3m => 20-10-2002.Meses Escadinha acima Escadinha abaixo 605 em Outubro 50a ± 5m JUN/2001 Não aplicável 51a ± 4m MAI/2002 Não aplicável 52a ± 3m ABR/2003 OUT/2002 606 em Junho 50a ± 6m JUL/2001 Não aplicável 51a ± 5m JUN/2002 Não aplicável A tabela ilustra alguns possíveis valores, mas observemos que para chegar às duas coincidências, 605 em outubro e 606 em junho, o único ano que admite as duas combinações é exatamente 2002, considerada a data base de 20-01-1951.A Sextilha 16 A Sextilha 16, (S16S17) fala do fato real, que tem alguns seus momentos iniciais em 20-06-2002. Por conseguinte, os primeiros momentos desse acontecimento já se foram. É importante compreender que um evento exige a ocorrência de outros eventos que devem necessariamente antecedê-lo. O primeiro e segundo e terceiro versos falam da ascensão no Vaticano, em outubro, de um personagem, que acabará por permitir a invasão da Itália por l"onde. Como l"onde (C05Q055) irá invadir a Itália pelo mar, Nostradamus chama o personagem do Vaticano de Pourvoyeur du monstre marin. Essa ascensão em outubro/2002 significa a nomeação para um cargo de muita importância na hierarquia do Vaticano. A invasão da Europa, em particular da Itália, por l"onde, se dará por volta de 2007/2008. Os versos também estão relacionados com o que chamamos de Queda e Soerguimento do Cristianismo, cujos eventos iniciais terão início aqui no Brasil, em particular na Cidade do Rio de Janeiro.(ver Fato Real) Aqui é citado o seu patrocinador e é dito que em outubro/2002 ele terá as rédeas do Vaticano ainda que não de forma explícita. E isso já aconteceu, face às nomeações efetuadas por João Paulo II no Vaticano, divulgadas em 01-10-2002. A rigor o período começaria em 20/10/2002. No entanto, o que é feita é a menção ao mês, outubro. Isto é, o valor 605 estaria indicando o mês (outubro) e não o período. Os três primeiros versos por conseguinte, antecipam a grande aflição ao cetro que haverá por volta de 2007/2008. O quarto verso fala de uma data, ou seja, seiscentos e seis em junho. Ali se fala de um grande rei aos grandes e ao comum. Em conjunto com o terceiro verso de XI.17 (Et quelques uns qui seront de la feste) ele estabelece a menção à festa da conquista do pentacampeonato pela seleção brasileira na Coréia do Sul/Japão, que ocorreu exatamente em 30-JUN-2002. Nesta festa, de acordo com o quinto verso de XI.16 (Grand Roy aux grands & au commun) estava presente Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé, o grande rei aos grandes e ao comum, na cerimônia de entrega da taça e medalhas. A quadra C08Q064 também menciona Pelé. O sexto verso é uma menção a César de Nostredame e ao fato real, em seus eventos iniciais, que como sabemos, virá meio a um conflito (ver Fato Real). O que o verso diz é que após os primeiros fatos públicos do chamado "fato real", haverá grandes fatos, muitos deles previstos nesta hp. A eclosão efetiva do fato real (fatos externamente mais visíveis e contundentes) deverá se dar em dezembro-2002/ janeiro-2003. É feito um paralelo entre o fato real (batismo) e a grande aflição do cetro (a crisma). A Sextilha 17 A sextilha 17 começa por citar o sofrimento do Papa João Paulo II, face ao seu precário estado de saúde. Esse fato refere-se a JUN/2002. O Vaticano passou a ser administrado por um colegiado; João Paulo II praticamente perdeu a voz. O segundo verso diz que dois perniciosos (imorais) estariam felizes, mas que a júbilo pelo seu restabelecimento não duraria até o ano seguinte, porque João Paulo II virá a falecer antes da virada do ano. Esta menção é encontrada em várias quadras, mas, em particular, observadas as datas, João Paulo II deverá vir a falecer ainda em dezembro/2002. João Paulo II teve uma melhoria substancial de seu quadro de saúde pouco antes de outubro/2002, após ter passado por três meses em tratamento em Castelgandol fo, quando recuperou parte da fala. O terceiro verso menciona a festa do pentacampeonato de futebol, por meio do símbolo com que ficou cunhada no Brasil. Sobretudo, a música-símbolo dessa conquista possui exatamente um bordão cujo tema é exatamente uma festa. Nesta festa, temos exatamente a presença de Henrique, Segundo, como o personagem central nas comemorações no Palácio da Alvorada. Os quarto e quinto versos citam César de Nostredame. Por fim o sexto verso cita César de Nostredame e Henrique, Segundo, no desfecho do fato real, que segundo a sextilha, deverá acontecer "sem transcorrer uma longa residência". Isso provavelmente está citando um prazo de alguns meses e esse é o evento citado no primeiro verso de P038M04. l"un e l"autre são referências a César de Nostredame e Henrique, Segundo. (ver, por exemplo, C04Q004, C01Q093, C04Q015, entre outras)O fato real está caminho celeremente e de fato muitos de seus eventos já ocorreram.ReferênciasP038M04.Notas16-12-2002. O nome de Chico Xavier não deve estar citado diretamente nesta sextilha.06-12-2002. Revisão de toda a interpretação. Sextilhas fechadas, aguardando apenas a revelação do provedor do monstro marinho. Talvez isto leve alguns anos.06-04-2002. Interpretação inicial." [FIM DA PÁGINA] ANÁLISE:Confesso que nem consegui entender a tabela do intérprete para chegar às datas de 2002.Deixei isso de lado, mas, chegou o final do ano, o Papa continuou vivo, lembrei-me da interpretação.Só fiquei pensando no quanto as pessoas se esforçam, criando combinações de números e inventando problemas dignos de Pitágoras, para enquadrar fatos em previsões, para, em poucos meses, verem frustradas suas previsões. Encontrar fatos passados como cumprimento de previsões obscuras não é muito difícil; todavia, até o momento, praticamente tudo que os intérpretes se arriscaM a mencionar do porvir não acontece. A última década foi cheia de fim do mundo, terceira guerra mundial, catástrofes, etc.Assim como as previsões do fim do mundo nos anos 1000, 1843, 1844, 1915 e outros, a última década do segundo milênio deixou o mundo inteiro, com os mesmos problemas de sempre.Intérpretes de Nostradamus viram a chamada terceira guerra mundial em 1986 ou 1995 ou 1996 (As Profecias de Nostradamus, Erika Cheetham, pág. 91) e 1999, quando se falava do eclipse de 11 de agosto; agora estão prevendo-a para 2007 ou 2008. Faltam apenas 6 anos. Parece que o que ocorre duas vezes é obrigatório acontecer pela terceira. Mas, como várias datas já foram marcadas e passaram sem nada acontecer, não vamos nos preocupar com os que esperam uma terceira guerra mundial. Se o papa deveria morrer e não morreu, por que esperar que se cumpram outras predições? Imagino que ele não deverá demorar muito a falecer mesmo, mas isso é normal. Veja com ilustrações em www.joaodefreitas.hpg.com.br/ninguemsabeofuturo.htm

Se você quiser receber um aviso cada vez que este autor publicar novo texto, basta clicar AQUI e enviar.Não use esse link que aparece acima do texto e depois do link do currículo;Porque esse serviço agora está funcionando só para assinantes.Utilizando o meu, eu lhe enviarei pessoalmente o aviso.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui