Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
36 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57905 )
Cartas ( 21198)
Contos (12732)
Cordel (10220)
Crônicas (22338)
Discursos (3145)
Ensaios - (9154)
Erótico (13440)
Frases (44820)
Humor (18791)
Infantil (4027)
Infanto Juvenil (2995)
Letras de Música (5486)
Peça de Teatro (1324)
Poesias (138554)
Redação (2964)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2413)
Textos Jurídicos (1931)
Textos Religiosos/Sermões (5102)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Aresta do telhado -- 19/11/2010 - 22:44 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


Aresta

do telhado





Não quero a aresta que a lixa

gasta

mas uma que vi fugida

que guardas tão complicada.



È como um teto pendente

que pode o vento ruir

cair

despencar

encima

de mim.



Eu a sei leve e gigante

marca de sol que se esconde

essa tua aresta de festa

ângulo reto

sem nome.



Peço-te que me does

esses teus lados pobres:

esses que nada pedem

bebem vinho e me doem

dormem na rede

somem



Fogem daqueles quadros

duros

na tua parede.



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 175 vezesFale com o autor