Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
139 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57014 )
Cartas ( 21168)
Contos (12608)
Cordel (10074)
Crônicas (22188)
Discursos (3134)
Ensaios - (8996)
Erótico (13393)
Frases (43608)
Humor (18448)
Infantil (3772)
Infanto Juvenil (2676)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1316)
Poesias (138217)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2400)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4847)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Alguns sentimentos. Se amestrados... -- 12/06/2010 - 19:26 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Alguns sentimentos. Se amestrados...



Alguns sentimentos mudos fecham a porta com tranca.

Depois olham como desapontados, querendo que teu ser

inteiramente teu mesmo

se renda a eles

como se lhes pertencesse.



E você se rende.



Faz isso para poder sair vivo do quarto trancado

para que eles não te deglutam como a uma fruta...

Para poder sobreviver

à tão descomunal

força deles.



Porque eles sabem

que existem

porque você existe

porque você os sente

porque não pode

escolher.



Sentimentos são arbitrários

como signos de lingüística

que mandam

no significado.



Viu o signo,pensou.

Veio o sentimento

sentiu.



Mas...

Como é bom, e

como se torna bela a liberdade

quando a dor sentida chega ao limite

e depois dela

só tem a caricatura

dela mesma.



Você então supera o signo

pensando-o quando quiser pensá-lo

porque agora dá para tratá-lo

como ao sofá da sala

ao que você já está,

simplesmente,

acostumado...

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 154 vezesFale com o autor