Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
116 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57005 )
Cartas ( 21168)
Contos (12596)
Cordel (10072)
Crônicas (22187)
Discursos (3134)
Ensaios - (8995)
Erótico (13393)
Frases (43601)
Humor (18446)
Infantil (3771)
Infanto Juvenil (2671)
Letras de Música (5469)
Peça de Teatro (1316)
Poesias (138212)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1054)
Teses / Monologos (2400)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4847)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Ao mestre mineiro do meu "cuore" -- 04/06/2010 - 23:38 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Ao mestre mineiro

do meu

“cuore”.



Sei da tua leveza

e da tua crítica razão que assusta

tua impávida paixão pela vida.



Contagias

o que existe

e o que ainda vem

e me devolves o que nunca

te dei.



Não mereces nada

porque mereces tudo

ou então alguma parte de mim

que já tens.

Que só conheces até melhor

do que eu

e se pudesse te pegaria

para guardar de qualquer coisa banal

tipo morte temporal;

qualquer fuga exaustiva entre as coisas do mundo

para não te perder

jamais.



Egoísta que sou...

Mulher.



Tuas coisas escritas (arte)

fazem parte

sim

do que sei...

E de tantas verdades belas

que nunca saberei.



Porque tocas a céu com a Terra

me resgatas nos momentos

mais cruéis

aqueles em que viro um pedaço e acredito

que agonizo.

(tuas palavras chegam

feito chaves

e são anzóis que aprendi

a querer)e fazes isso até

sem saber...



Por isso te angeliquei, o que

na verdade

é a maior bobagem.



Te sei real como os outros

e ainda bem, não tens asas.

Um pouco fera

e meio cruel

te sei humano demais

e mestre meu.

Esse... tu es.





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 183 vezesFale com o autor