Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
26 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57047 )
Cartas ( 21170)
Contos (12612)
Cordel (10080)
Crônicas (22199)
Discursos (3134)
Ensaios - (9000)
Erótico (13395)
Frases (43641)
Humor (18455)
Infantil (3772)
Infanto Juvenil (2688)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1316)
Poesias (138234)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4852)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Formas -- 01/05/2010 - 16:43 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


Formas



Objetos de caras coloridas

atravessam meus momentos

todos os dias



Intercalam-se

como meteoros

uns mais simples

outros cheios de artifícios:

e querem sempre atenção

embora não tenham vida própria.



São chaves e documentos

portas, pastas e roupas.

Chão, cedées, telefone, sofá

lençóis janelas

e travas.

Tudo que nos inventam

para esta vida civilizada.

Tantas coisas que nos abordam

a toda hora,

toda hora...



E depois convertem-se em carros,

arquivos, prédios,

colchões

apartamentos

metrôs

calçadas, ruas, adornos.



Tanta coisa inexplicada

faz parte da minha vida

e como um pouco

acuada

estou assim :

sentindo o nada.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 166 vezesFale com o autor