Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
18 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57261 )
Cartas ( 21179)
Contos (12595)
Cordel (10121)
Crônicas (22215)
Discursos (3138)
Ensaios - (9039)
Erótico (13409)
Frases (43987)
Humor (18552)
Infantil (3823)
Infanto Juvenil (2771)
Letras de Música (5473)
Peça de Teatro (1319)
Poesias (138435)
Redação (2933)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2403)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4931)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->A TERNURA NATURAL -- 30/04/2010 - 23:16 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
A TERNURA NATURAL DE UM TRONCO DE PALMEIRA

Jan Muá

30 de abril de 2010



É uma palmeira jovem

De raízes fincadas na terra

Vitalizada

De semblante maternal

Ela sabe proteger com ternura

Os brotos tenros e audazes

Que avançam tronco acima

Na busca da luz do sol

A natureza a dotou

De sutil manto protetor

Simulando um tecido de fiapos

Em fino artesanato

Que desafia os melhores teares

Do mundo

E mostra a muitas mães

Desenternecidas

A exemplar ternura da natureza.



Jan Muá

Abril de 2010

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 74Exibido 210 vezesFale com o autor