Usina de Letras
Usina de Letras
20 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61953 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22529)

Discursos (3235)

Ensaios - (10258)

Erótico (13560)

Frases (50354)

Humor (19993)

Infantil (5388)

Infanto Juvenil (4724)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140710)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Sereia do Norte -- 30/11/2009 - 22:41 (Alan Carlos Dias) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Uma luz surgiu no horizonte

Iluminando as faces do Amazonas

Que no alvorecer do dia

Beija os virgens lábios

Da menina Macapá



Seus verdes olhos

Refletem o natural de seu corpo

Por onde a brisa suave, marinha.

Percorre as linhas

De suas formas artísticas

Aonde o bem-te-vir feliz

Canta e me diz

Que esse repouso é salutar

Assim é a minha Macapá

A jóia da Amazônia

A sedutora amante,

Sereia do além mar

Onde o olhar poético

Se perde em sua beleza infinda

E não consegue mais voltar.









Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui