Usina de Letras
Usina de Letras
15 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62153 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10448)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10339)

Erótico (13567)

Frases (50555)

Humor (20023)

Infantil (5418)

Infanto Juvenil (4750)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140788)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6177)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->MULHERES -- 25/03/2001 - 22:49 (Alzira Chagas Carpigiani) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Mulheres que

cavoucam com

unhas de aço

o duro chão -

herança ...

nunca foi fácil

nem será

Elas estão por

toda parte -

gentis, apressadas,

resolvidas.

Tempo há para

uma lágrima,

mas e o sorriso?

Este vai pregado

no rosto como

uma bandeira.

Nada as detém

nem as cólicas,

nem o mal-estar

da gripe

nem nevralgias

nem dores de amor

nem depressões.

Que atalhos encontram

nos caminhos da alma?

Muitos.

Fazem dos labirintos

sua sala de estar

e flutuam em pose

de santa

quando tudo à sua

volta é caos.

Melhor nem tentar

entendê-las ...

Quem sabe elas

se deixem seduzir

ouvindo estrelas

amando poesia

trocando um beijo

repleto de afeto.

É que na base,

elas ainda são

essencialmente

românticas.



SP. 8/3/01
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui