Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
119 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57012 )
Cartas ( 21168)
Contos (12603)
Cordel (10073)
Crônicas (22187)
Discursos (3134)
Ensaios - (8995)
Erótico (13393)
Frases (43603)
Humor (18446)
Infantil (3772)
Infanto Juvenil (2676)
Letras de Música (5469)
Peça de Teatro (1316)
Poesias (138216)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2400)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4847)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Sábado -- 03/10/2009 - 14:52 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
SÁBADO



Entre objetos pontiagudos

orelhudos,

castradores

inundando o peito de luz

por um triz

caminho as ruas lotadas

em rápida linha reta.



Um sábado cor de abóbora

cheio de sol e gente

traz à tona as enchentes

de vidas como planetas.



Corro por ter relógio

solto, quem sabe vôo...



Este esbarrar sem nome

com tanta coisa que fere

faz transgredir os muros

construídos dentro da gente:

se houver, na rua eu atiro

a tristeza contra as paredes...



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 283 vezesFale com o autor