Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
113 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58267 )
Cartas ( 21211)
Contos (12885)
Cordel (10242)
Crônicas (22111)
Discursos (3152)
Ensaios - (9257)
Erótico (13456)
Frases (45457)
Humor (18978)
Infantil (4207)
Infanto Juvenil (3297)
Letras de Música (5511)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138792)
Redação (3005)
Roteiro de Filme ou Novela (1059)
Teses / Monologos (2418)
Textos Jurídicos (1935)
Textos Religiosos/Sermões (5287)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Infanto_Juvenil-->QUANDO SOMOS JOVENS -- 06/05/2004 - 10:32 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
QUANDO SOMOS JOVENS


Quando somos jovens e adolescentes, vimos as coisas de forma simples, bem diferente do que realmente são. Tudo parece tão fácil, de fácil solução. Não existe obstáculo que não possa ser transpassado, que não possa ser resolvido.
Quando somos jovens e adolescentes, somos visionários e queremos mudar o mundo, achamos que podemos parar um tanque e interromper batalhas, achamos que somos capazes de vencer uma guerra.
Quando somos jovens e adolescentes, nos apaixonamos facilmente, de forma exagerada e até arrogante; achamos que estamos sempre com a razão, mesmo quando estão todos contra a gente. Ainda por cima exageramos em tudo, somos esquecidos, preguiçosos e irresponsáveis.
Ah, Quando somos jovens e adolescentes, às vezes, pensamos que somos adultos, outras que ainda somos crianças! Ah, como é difícil e complicada a vida de adolescente!
Mas quando ficamos velhos, descobrimos que não fomos capazes de transformar o mundo. O mundo é que nos transformou. Descobrimos que somos limitados, que até podemos provocar uma guerra, mas que quase sempre não conseguimos pará-la.
Quando ficamos velhos, descobrimos que os melhores anos de nossa vida, foram os anos de nossa juventude; descobrimos que nosso amor era mais intenso e mais puro; descobrimos que poderíamos ter feito mais e contribuído mais para realizar nossos sonhos.
Então descobrimos que estamos velhos demais para fazer aquilo que deixamos de fazer. E aí já é tarde demais, já não podemos fazer nada mais.
Então descobrimos que deveríamos ter arriscado mais, ter amado mais, e não fizemos.
Por isso, corra atrás de seus sonhos, de seus desejos; lute por aquilo que você deseja; pois um dia você vai chegar a conclusão de que não fez aquilo tudo que podia. Mas aí já será tarde demais...
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui